Bem-vindo

O Centro de Memória Procurador de Justiça João Marcello de Araújo Júnior é o setor do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro responsável pela pesquisa documental, guarda do patrimônio museológico, preservação da memória e difusão de informações de caráter histórico.

O acervo do Centro de Memória João Marcello de Araújo Júnior (CDM/MPRJ) é composto por documentação produzida e acumulada nos projetos desenvolvidos pelo setor, por doações diretas de membros e servidores, bem como de familiares e amigos, e por meio do recolhimento de documentos de órgãos internos e instituições afins. Foram preservados por serem avaliados como relevantes para a memória institucional, constituindo valiosa fonte de pesquisa documental. Esses documentos de gêneros arquivísticos, bibliográficos e museológicos diversificados estão organizados em fundos e coleções, privadas e institucionais, e abrangem o período de 1880 até os dias atuais.

Com o objetivo de disponibilizar o acesso ao acervo do CDM/MPRJ para consulta e pesquisa pela internet, aos públicos internos e externos, está sendo implantada a plataforma digital AtoM - um software livre criado por iniciativa do Conselho Internacional de Arquivo (CIA).

A divulgação dessas informações de caráter histórico faz parte do projeto Gestão de Acervo Documental e está em fase de execução através das etapas do processo técnico arquivístico: os documentos passam pelos procedimentos de higienização, identificação, classificação, ordenação, numeração, descrição, indexação, digitalização e acondicionamento.

Este acesso e difusão dos documentos arquivísticos, descritos e normalizados via web, implantado pelo CDM/MPRJ, é um grande avanço institucional que beneficiará toda a instituição, assim como a sociedade, levando a informação para o cidadão.

Esta é a página padrão para o AtoM.

AtoM é um aplicativo de descrição arquivística integralmente voltado para web e baseado em Conselho Internacional de Arquivos (CIA) normas. AtoM é um acrônimo para Access to Memory [Acesso à Memória].

O CIA e seus colaboradores neste projeto estão disponibilizando este aplicativo como software de fonte aberta para prestar apoio a entidades custodiadoras como uma opção gratuita e de fácil uso para colocar seus acervos arquivísticos online. Veja about page para saber mais sobre o projeto AtoM.