Para Matar a Saudade

Taxonomia

Código

Nota(s) de âmbito

Nota(s) da fonte

Mostrar nota(s)

Termos hierárquicos

Para Matar a Saudade

Termos equivalentes

Para Matar a Saudade

Termos associados

Para Matar a Saudade

32 Descrição arquivística resultados para Para Matar a Saudade

32 resultados diretamente relacionados Excluir termos específicos

Para Matar a Saudade

Idealizado pelo coordenador do Centro de Memória, Dr. Márcio Klang, e desenvolvido pela equipe do Centro de Memória Procurador de Justiça João Marcello de Araújo Júnior o projeto tem o objetivo de homenagear membros da instituição que desenvolveram papel de destaque no Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro.

O processo é fundamentado em pesquisas no nosso acervo e na coleta de depoimentos de pessoas que tiveram contato com o homenageado. Devido ao contexto de pandemia pelo novo coronavírus nossa metodologia de trabalho foi executada nesta primeira edição com as adaptações necessárias, a exemplo das entrevistas que foram realizadas via Teams. Cada conjunto de depoimento escolhido gera um arquivo de mídia através das seguintes fases de trabalho:

Primeira pesquisa para pauta da entrevista.

Produção e gravação da entrevista com Dr. Márcio Klang e as pessoas com a qual a personalidade do MPRJ homenageada na edição do projeto teve contato.

Pesquisa e levantamento de conteúdo textual e iconográfico do acervo pessoal da personalidade homenageada.

Cópia e arquivamento do material iconográfico coletado.

Edição do conteúdo e imagens em blocos audiovisuais de no máximo 15m.

Licenciamento do direito de imagens do material iconográfico que será veiculado ao projeto.

Divulgação no site do MPRJ.

Divulgação no Youtube e Facebook institucional.

Fotografia da apresentação da nova estrutura dos órgãos de apoio a Promotores e Procuradores de Justiça

Fotografia da apresentação da nova estrutura dos órgãos de apoio a Promotores e Procuradores de Justiça. Da direita para a esquerda: Maria da Conceição Lopes de Souza Santos (foi coordenadora do CAO Procuradorias), José Eduardo Ciotola Gussem (Procurador-Geral de Justiça de 2017 a 2021), Leila Machado Costa (Procuradora de Justiça), Eduardo da Silva Lima Neto (Subprocurador de Administração e Diretor Presidente da CAMPERJ) e Maria Cristina Palhares dos Anjos Tellechea (Procuradora de Justiça).

Fotografia do 1º Simpósio do Colégio de Procuradores de Justiça, realizado no Museu do Amanhã

Fotografia do 1º Simpósio do Colégio de Procuradores de Justiça, realizado no Museu do Amanhã. Quarta pessoa da esquerda para a direita: Eduardo da Silva Lima Neto (Subprocurador de Administração e Diretor Presidente da CAMPERJ), Fiorella Solares (violoncelista e diretora artística da ONG Ação Social pela Música do Brasil); Maria da Conceição Lopes de Souza Santos (foi coordenadora do CAO Procuradorias) e José Eduardo Ciotola Gussem (Procurador-Geral de Justiça de 2017 a 2021) com a Camerata Jovem da Ação Social pela Música.

Fotografia da inauguração da placa do Espaço Cultural Procuradora de Justiça Maria da Conceição Lopes de Souza Santos

Fotografia da inauguração da placa do Espaço Cultural Procuradora de Justiça Maria da Conceição Lopes de Souza Santos, localizado no foyer do auditório do edifício-sede do MPRJ. À esquerda, Gabriel de Araújo Santos, tio da homenageada e à direita, a Procuradora de Justiça Maria Cristina Palhares do Anjos Tellechea.

Fotografia da placa em homenagem à Procuradora de Justiça, falecida: "Espaço Cultural Maria da Conceição Lopes de Souza Santos"

Fotografia da placa em homenagem à Procuradora de Justiça, falecida: "Espaço Cultural Maria da Conceição Lopes de Souza Santos", localizado no foyer do auditório do edifício-sede do MPRJ.